Início » Uncategorized » iodoterapia » Iodoterapia e suas particularidades

Iodoterapia e suas particularidades

Sumi né? Eu sei. Mas é que ando TÃO tonta (mais do que já era) que tá difícil de voltar pro eixo.

Pois bem, terça-feira foi o grande dia do meu encontro com a médica nuclear! Estava SUPER ansiosa pra pegar a minha dieta e marcar a data da minha iodo.

Pensei bastante em como abordar esse tema aqui. O que acontece é o seguinte… antes de se realizar o procedimento da iodoterpia, que é a internação em um quarto especial, onde você ingere a dose necessária pra matar qualquer célula de tireóide que possa ter ficado no seu corpo, é preciso ficar algumas semanas em uma dieta, que potencializará o sucesso da iodoterapia. Acontece que alguns médicos/hospitais são SUPER rígidos em relaçao à essa dieta.

Corta-se TUDO que contenha sal de cozinha, iodo, sódio, até corantes. Ou seja, é super restritiva e muitos dos pacientes sofrem muito nessa fase. Além de você estar enfrentando os sintomas do hipotireoidismo, você sofre com a dieta radical e a falta de sal. Costuma ser uma fase punk. Porém, alguns hospitais, como por exemplo o AC Camargo, onde eu me trato, encaram essa dieta de forma diferente.

Eles fizeram diversos estudos e testes e chegaram à conclusão de que não há comprovação científica que mostre que cortar o sal, iodo e etc. interferirá no sucesso da iodoterapia.  Para que isso acontecesse, seria necessário o paciente consumir uma dose maior do que 1kg (aprox.) desses ingredientes, em 30 dias. E ninguém consome tamanha dose em tão pouco tempo. Ou seja, eles acreditam que você pode continuar comendo normalmente, que a sua iodoterapia terá o mesmíssimo resultado. Eles já comprovaram isso, aliás.

P.s.: Estou falando aqui sobre o que a médica me explicou, de forma TOTALMENTE não-especialista, ok? Pelo amor de Deus sigam as ordens do seu médico. Cada um atua de um jeito, eu não sou médica para ditar tratamento para ninguém.

Enfim, na minha dieta foi cortado somente peixes e frutos do mar, somente pela quantidade elevada de sódio que alguns peixes possuem, mas ainda assim é somente uma medida cautelosa, pois eles não conseguem mensurar exatamente as quantidades de sódio e nem a quantidade de peixe que cada paciente costuma comer. Então, preferiram restringir esses itens da dieta.

Fiquei felicíssima com a minha dieta camarada, e já marquei a data da minha internação, que será no dia 17 de setembro e devo ficar de 1 a 2 dias internada. E aí vem a parte mais curiosa dessa coisa toda chamada iodoterapia.

Você entra no seu quartinho chumbado, e leva com você apenas duas peças íntimas. FIM. Nada de livro, nada de revista, nada de creminhos, notebook, celular. Esquece. O que entra com você desse quarto, não sai com você! Rsrs

Sei que, de novo, alguns hospitais são diferentes. Te possibilitam levar alguns itens, que serão descartados ou armazenados após a sua saída, para descontaminação da radiação. O AC Camargo está restringindo tudo por pura falta de espaço de armazenamento de lixo radioativo. Como vocês devem imaginar, lá é um dos locais que mais recebe esse tipo de paciente, e consequentemente a quantidade de lixo radioativo é muito alta, e ele é um lixo de difícil descarte.

Mas não se desespere! Se você está se tratando no AC Camargo e vai fazer sua iodo lá, fique tranquila. Eles têm toda a estrutura pra você passar seu tempo no quarto. TV, computador com wifi e uma cama bem confortável! rsrs

Outra particularidade do tratamento é que após tomar o iodo (que é administrado em cápsula) você tem que ficar quietinha, sem falar, por 24h. Ouviu, família? Não pode ligar pra ficar papeando, nem com a desculpinha de “você só precisa ouvir, não precisa falar nada”. Por favor, hein? O skype, facebook e email estão aí pra papearmos sem precisarmos da nossa voz. Contenham-se.

Mas por que ficar muda? Porque o iodo radioativo não só atua nas células da tireoide, como pode também atuar nas glândulas salivares. E isso pode trazer aquela sensação de boca seca, diminuir a salivação por algum tempo OU permanentemente. E isso a gente não quer, né? Então o jeito é tentar fazer com que essa glândula NÃO trabalhe após a ingestão do iodo. Por isso ficamos mudas e em jejum por um período. Importante saber a razão das coisas, pra gente encarar elas como sendo coisas boas, e não “sacrifícios”.

Pra finalizar a explicação do procedimento, no dia 10 eu faço o chamado PCI (Pesquisa de Corpo Inteiro) que nada mais é do que um scanner, que busca as células da tireóide que estão no corpo. Pra “identificar” essas células no exame, tomamos uma pequena dose do iodo, nada contaminador pro resto do mundo, só pra conseguirmos enxergar as células no exame. Esse exame é importantíssimo porque com ele o médico quantifica a sua dose necessária de iodo radioativo.

Então, de novo, me prolonguei, mas acho que abordei tudo relacionado à iodoterapia. Se alguém que está passando pela mesma coisa tiver QUALQUER dúvida, só me deixar um comentário, ok ok?

Um beijo a todos!

Ju.

About these ads

8 thoughts on “Iodoterapia e suas particularidades

  1. Ju, legal que vc esta super orientada e consciente, nada como estar na real para dar tudo certo!
    O hospital sem sombras de dúvida é o melhor que existe na américa do sul, até mais!…sucesso na certa: bons profissionais, bom hospital e boa paciente só poderá ter um bom resultado!
    Beijão e mto skype par vc neste dia que afinal não precisa ser entediante só silencioso e silêncio vale ouro!!!!!!!!!!!!<3

  2. Obrigada Ju, pelas informações ! Também estou fazendo tratamento no AC e como li em alguns site muitas restrições quanto ao sal, comecei a ficar preocupada pois para mim tbm passaram uma dieta suave! Segunda feira dia 01/07/2013 interno e estou em uma grande expectativa! Beijos

  3. Olá Jú!
    Fiquei nem animada com seu post. Hoje fiz o PCI e me interno na sexta para a iodoterapia, tbm no AC Camargo.
    Estou empolgada apesar de tudo. Minha única preocupação é o período posterior, pois tenho um bebê de 8 meses e terei que ficar longe dele por alguns dias… Mas td bem! rs
    Como foi seu Pós?
    Obrigada!
    Abs

  4. Oi Ju foi muito esclarecedor suas informações, fiz a cirurgia da retirada da tireóide agora dia 10/10 no AC Camargo, agora aguardo o resultado da biópsia da glândula para continuar o tratamento. Saúde e Paz para vc.

  5. Ola! Adorei seu post..acabei de descobrir o diagnostico e estou no aguardo da consulta dia 6. Me deu certo alivio apos ler seu blog Pretendo fazer tudo no ac camargo tbm. Qual medico te acompanhou?vc se recuperou bem?saude p vc
    obrigada, pricila

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s